#Empreenda: itens para montar um minimercado

Entre os formatos mais interessantes de negócios para começar a empreender está o minimercado.

Em estruturas menores do que os grandes supermercados, o estabelecimento é considerado essencial para diversos bairros, que possuem poucas opções de compra de itens básicos.

Um minimercado é acomodado de maneira ideal em um salão que possua até 150m², disponibilizando de maneira organizada as gôndolas e prateleiras com uma boa diversidade de produtos.

Esse tipo de estabelecimento possui a principal função de fornecer itens de consumo básicos dentro de uma rotina familiar, atuando como um suporte para as residências do bairro em que ele será montado.

Itens essenciais e organização espacial do negócio

Para que um minimercado possa atender de maneira eficiente e confortável o seu público frequente, é preciso que ele possua uma estrutura bem organizada e completa, tornando-se a preferência dos seus consumidores.

Para isso, é preciso optar por:

Os corredores espaçosos fazem parte de um ambiente mais confortável, principalmente em horários de pico, onde há grande circulação de pessoas.

Justamente porque os minimercados ocupam o papel de suporte diário na rotina das pessoas, é comum que ele receba um maior número de clientes nos horários próximos às refeições.

Nesses períodos, ocorre grande circulação de carrinhos e cestas, e por isso os corredores devem ser pensados para facilitar o deslocamento dos clientes.

As gôndolas e prateleiras também fazem parte da organização do estabelecimento, e devem estar sempre bem abastecidas para atender aos clientes de maneira mais completa.

Em minimercados que comportam áreas de padaria e açougue, o número de clientes tende a ser maior. Isso porque a variedade de itens pode ser indispensável para atender a expectativa do público, que recorre ao estabelecimento para suprir uma necessidade mais urgente.

Nessas áreas é necessário utilizar embalagens especiais para atender ao cliente em cada pedido. Assim, é comum encontrar saco de papel kraft pardo para acomodar os pães e doces oferecidos na padaria do minimercado, sendo comum também personalizar esse tipo de embalagem para realizar o marketing do negócio.

Na área do açougue, por exemplo, são utilizados outros tipos de embalagens, justamente por se tratar de produtos que precisam ser refrigerados e que possuem maior peso. Por isso, são utilizadas bandejas de vários tamanhos ou embalagem de polipropileno para alimentos, que recobrem os produtos de modo a protegê-los durante o transporte.

Também é preciso oferecer check outs modernos e espaçosos. Os check outs, também chamados de caixas, podem ainda dispor alguns produtos classificados como itens de consumo por impulso, já que o cliente não foi ao estabelecimento por causa deles.

Assim, dada a sua disposição facilitada no caixa, o consumidor tende a comprá-lo, aumentando assim o faturamento do minimercado.

Além disso, os caixas devem ser montados com equipamentos modernos, como os computadores e kit sat, responsável pela emissão dos cupons fiscais do estabelecimento.

Desse modo, todo o processo de pagamento é facilitado e ágil, permitindo que o minimercado atenda eficientemente a um grande número de clientes nos períodos de maior circulação.

Outros pontos importantes sobre um minimercado

Assim como qualquer outro tipo de negócio, um minimercado precisa ser administrado de maneira organizada, principalmente porque ele envolve alimentos e outros produtos que apresentam uma data limite de consumo.

  1. Criar ofertas e promoções faz parte da rotina de muitos estabelecimentos, incentivando a compra de vários itens e fazendo com que o estoque esteja sempre girando;
  2. Além disso, é preciso organizar a logística de armazenamento e reposição de produtos, para que o cliente encontre sempre o que ele precisa;
  3. Outro ponto fundamental de locais que trabalham com o fornecimento de produtos e alimentos é manter a limpeza do estabelecimento, ponto essencial de um comércio desse gênero;
  4. O atendimento sempre prestativo e agradável é muito bem visto pelos clientes, principalmente daqueles que estão sempre frequentando o minimercado, fazendo assim que eles se sintam mais à vontade e bem recebidos.

Por isso, o estabelecimento que seja bem organizado, limpo, possua uma boa variedade de produtos e que conte com funcionários simpáticos e dispostos, possui todos os requisitos necessários para cativar o seu público, fazendo com que o minimercado obtenha bons lucros, e tornando assim o negócio mais sustentável. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *