Tipos de cafeteiras: conheça 15 métodos de preparo do café!

Hoje em dia, o mercado oferece os mais diversos tipos de cafeteiras, mas com tantas opções disponíveis, nem sempre é fácil escolher o modelo ideal para fazermos aquele cafezinho gostoso e que tanto amamos, não é mesmo?

Pensando nisso, elaboramos esse artigo com as melhores cafeteiras do mercado e os 15 métodos de preparo do café para os apaixonados de plantão se deliciarem com essa bebida que arrasta uma legião de fãs. Vem com a gente!

Melhores tipos de cafeteira:

  1. Cafeteira Italiana (Moka)
  2. Cafeteira de Cápsulas
  3. Cafeteira de Espresso
  4. Cafeteira Turca
  5. Aeropress
  6. Kalita Wave
  7. Cafeteira Francesa (French Press)
  8. Coador Tradicional
  9. Cafeteira Globinho (Sifão)
  10. Cafeteira Aram
  11. Chemex
  12. Cafeteira Pressca
  13. Clever Dripper
  14. Cafeteira Vietnamita
  15. Cafeteira Elétrica

As melhores cafeteiras, você encontra na Estrela 10!

Principais tipos de cafeteiras e como funcionam

Principais tipos de cafeteiras e como funcionam

Para quem se pergunta qual o melhor tipo de cafeteira, saiba que será sempre aquela que atende às suas preferências e necessidades. Por isso, é sempre bom entender quais são os modelos de cafeteiras existentes no mercado e como elas funcionam!  

Cafeteira Italiana (Moka)

Cafeteira Italiana (Moka)

A cafeteira Moka é um modelo cheio de charme e muito fácil de manusear, sendo um verdadeiro clássico nos lares da Itália. 

Com um sabor bem semelhante ao café espresso, ela funciona por pressão de água, ou seja, quando ela está quase chegando à fase da ebulição, a água sobe e passa por um recipiente com o café até chegar ao compartimento de cima.

Para utilizá-la, você precisará colocar água na parte debaixo da cafeteira italiana até a altura da válvula e o pó do café no recipiente, que fica dentro da base. Quando a água começar a subir pelo tubo, é só esperar 10 segundos e desligar o fogo.

Cafeteira de Cápsulas

Cafeteira de Cápsulas

As cafeteiras de cápsulas estão entre as máquinas de café mais usadas no mercado devido a sua praticidade, rapidez, eficiência e variedade de sabores e aromas.

Com esse modelo, você precisará apenas encher o reservatório de água e quando for fazer seu café, é só colocar a cápsula no compartimento indicado. 

Depois disso, é preciso pressionar o botão que indica a quantidade de água. Pronto, seu café poderá ser consumido em poucos segundos. 

A vantagem desses tipos de cafeteira de cápsula é que você encontra as cápsulas em vários estabelecimentos, como cafeterias, supermercados e também na internet. 

Cafeteira de Espresso

Cafeteira de Espresso

Os tipos de cafeteira expresso também estão entre os modelos mais usados nos lares e empresas espalhadas por todo o Brasil. A grande vantagem desse equipamento é que o café fica pronto em 25 segundos, um modelo perfeito para quem busca praticidade. 

Nesta versão, a água pressurizada é o principal elemento para tornar a bebida cremosa, além de tomar o café amargo e com um aroma forte. 

A cafeteira de expresso precisa ter o manuseio de um barista profissional, já que cada detalhe é fundamental. No processo de criação desse café, é preciso saber como tornar a torra mais clara, qual a moagem média dos grãos, a pressão sobre o pó e o tempo da água em  contato com o café, entre outros.

Para o preparo, o profissional precisa usar a quantidade exata de pó, que deve ser moída na hora, depois fazer a compactação de forma manual e, em seguida, colocá-lo na máquina sob pressão de nove atmosferas, com água a 92°C por 25 segundos.

Cafeteira Turca

Cafeteira Turca

Para saber como escolher cafeteira, é importante conhecer os principais modelos usados no mercado. Um deles é a cafeteira Turca, que é um verdadeiro clássico, considerado patrimônio cultural imaterial da humanidade da Unesco. 

O café turco é um dos mais antigos e sua origem remonta ao período da sua descoberta, na Etiópia. O método utilizado pela cafeteira turca é muito simples, mas seu preparo é cheio de tradição e significados milenares. 

Para o preparo, é preciso usar o cezve, um instrumento de metal bem semelhante com uma “panelinha”, onde é possível aromatizar o café, usando especiarias como canela, cardamomo e anis. 

Durante o preparo, o pó é fervido junto com a água, o que torna a bebida mais rica em cafeína e amarga.

Aeropress

Aeropress

Um dos tipos de cafeteiras mais interessantes é a aeropress, criada por um inventor de brinquedos que era apaixonado por café e queria criar um modelo parecido com um brinquedo.  

Feita de plástico de ótima qualidade para não influenciar no sabor da bebida, esse modelo usa a pressão do ar que  empurra o pó contra o filtro, um método bem semelhante usado na cafeteira francesa. 

O mais legal é que a cafeteira aeropress tem um café bem parecido com o modelo expresso, mas sem precisar da eletricidade.

No preparo, é adicionado o pó de café e água quente. Em seguida, o êmbolo recebe uma pressão e o ar empurra a água, fazendo a extração do café. Com isso, você terá uma bebida mais ácida, porém, com um corpo suave e leve. Uma delícia!

Kalita Wave

Quer descobrir qual é a melhor cafeteira para casa, a Kalita Wave é uma opção que entra no ranking das mais apreciadas pelo mercado. Utilizando o método coado, esse modelo é um porta-filtros diferente das outras versões existentes.

A Kalita Wave tem um formato de forma de brigadeiro com três furos no fundo, criada no Japão. É possível encontrar esse modelos em três materiais diferentes e dois tamanhos. Para preparar a bebida, coloque o pó no filtro escaldado e despeje água. 

Depois disso, aguarde cerca de 1 minuto e volte a colocar mais água, para que o líquido desça até que toda a água seja usada. 

Cafeteira Francesa (French Press)

Cafeteira Francesa (French Press)

A cafeteira francesa, chamada também de French Press, é um método muito prático e popular na Europa, principalmente, porque não usa energia elétrica e nem filtro de papel. 

No preparo, os grãos têm moagem média, para que não passem pelo filtro metálico. Após inserir o pó na cafeteira, você precisa acrescentar água em uma temperatura entre 80°C a 90°C e, depois, deixar o café em infusão por cerca de quatro minutos. 

Em seguida, basta abaixar o pistão pelo corpo do equipamento para que os grãos sejam separados da bebida pronta. A vantagem desse modelo é que ele preserva os óleos naturais do café e destaca ainda mais o sabor da bebida. 

Confira os melhores modelos de moedores de café!

Coador Tradicional

tipos de cafeteira coador tradicionalr

Esse é um modelo que nos faz lembrar da casa da avó, que usava filtro de pano para passar o café, um dos tipos de cafeteira ainda muito usado nos lares brasileiros. 

No preparo, se você for utilizar o filtro de papel, basta dobrar a costura ao redor para que se encaixe no suporte, fazendo com que a água desça pelo coador. 

Ao usar o filtro de papel, não esqueça de escaldar o filtro para tirar qualquer gosto residual de papel. No caso do modelo de pano, esse processo não é necessário, mas é importante deixá-lo sempre limpo e trocá-lo a cada dois meses. 

Durante o preparo, a proporção recomendada é 10g de café para cada 100ml de água. Comece o processo por derramar água suavemente de dentro para fora até molhar todo o pó.

Depois disso, espere alguns segundos para que o pó absorva o líquido e, assim, libere mais sabor na bebida. 

Cafeteira Globinho (Sifão)

tipos de cafeteiras Cafeteira Globinho (Sifão)

A cafeteira Globinho é muito prática e também um dos métodos de preparo mais charmosos do mercado, considerada ainda a patente mais antiga, datada de 1830.

Essa versão usa a pressão de vapor e vácuo, criando uma bebida suave e com doçura marcante. Esse tipo de cafeteira tem três componentes principais, onde em um deles é despejado a água, em outro o pó e outro, que fica embaixo, é responsável por esquentar a bebida.

Durante o preparo, a água pré-aquecida é colocada no globo de vidro e, depois, é preciso acoplar a parte de cima e colocar o pó. Além disso, lembre-se que a espiriteira precisa ser acesa e inserida debaixo do globinho. 

Com isso, em poucos minutos, a água flui para o recipiente de cima em razão do efeito da pressão interna no globinho.

Nesse processo, tanto a água quanto o pó ficarão em infusão no período em que a chama estiver acesa. Depois disso, basta afastar a espiriteira e a bebida começará a descer, voltando para onde a água estava. 

Cafeteira Aram

Cafeteira Aram

A Aram é uma cafeteira diferente, sendo uma criação do Brasil que preza pela sustentabilidade. Considerada  ecologicamente correta, ela une simplicidade, versatilidade e vida útil.

É possível usá-la apenas com uma base de aço ou com uma versão portátil, permitindo o preparo do café como preferir, uma vez que você pode controlar a pressão.

Com isso, é possível ter um café concentrado como o espresso, por exemplo, ou até um suave bem parecido com o coado. 

Chemex

Chemex

Entre os tipos de cafeteiras, o modelo Chemex é pouco conhecido dos brasileiros. Essa versão tem um formato de ampulheta de vidro, que deixa o preparo ainda mais elegante, além de garantir uma bebida limpa e sem amargor.

No preparo, use 18g para 300ml de água, depois dobre o filtro e encaixe na cafeteira. Em seguida, escalde o filtro e descarte a água. Agora, coloque o café moído e cubra com água para realizar a pré-infusão. 

Após a água terminar de descer, vai acrescentando água em movimentos circulares até o gotejamento parar.

Cafeteira Pressca

Cafeteira-Pressca

Se você gosta de praticidade, a cafeteira Pressca é uma ótima opção, além de ser uma boa escolha para quem se pergunta qual é a melhor cafeteira para casa. Criado em 2016, esse modelo é leve, portátil e pode preparar até 350 ml de café por vez.

Esse modelo funciona como método de infusão bem parecido com a cafeteria francesa, sendo formada por materiais de silicone, tela de aço inoxidável e plástico. 

No preparo da bebida, coloque cerca de 25g de pó em granulometria média-grossa em 350ml de água. Depois disso, coloque metade da água a 93°C e mexa com cuidado. 

Feito isso, deixe o café em infusão por cerca de 4 minutos e faça o encaixe do êmbolo com o filtro, abra o furo na tampa e empurre até chegar ao nível do pó. Pronto, seu café estará pronto em poucos segundos. 

Clever Dripper

Clever-Dripper

Conhecida também como cafeteira esperta, a cafeteira Clever Dripper é um modelo de Taiwan, que mistura diferentes modos de preparo: coado e infusão. 

Elegante e, ao mesmo tempo, simples, esse modelo apenas libera o fluxo de bebida se estiver em contato com o recipiente onde o café será colocado. 

Para usar essa cafeteira diferente, coloque o café em granulometria média-grossa no equipamento e, depois, despeje a água em um fluxo direto e circular.

Deixe em infusão por cerca de dois minutos e, depois que o pó for hidratado, coloque a cafeteira sobre a xícara e espere que o fluxo seja liberado. 

Cafeteira Vietnamita

tipos-de-cafeteiras-Cafeteira Vietnamita

Esse é o mais tradicional no Vietnã, que usa um tipo de filtro de metal específico, com furinhos por onde passa a extração de café. Nessa versão de cafeteira, a moagem do grão é um pouco mais grossa do que estamos acostumados. 

Para quem gosta de cafés mais elaborados, essa cafeteira é ideal. Uma das receitas mais tradicionais leva água, café e leite condensado. 

No preparo, coloque leite condensado no fundo da cafeteira, acrescente açúcar e coloque o café coado forte e quente. Por último, acrescente as pedras de gelo e mexa bem.

Cafeteira Elétrica

cafeteira elétrica

A cafeteira elétrica é também um dos modelos mais usados no mercado principalmente por oferecer preços bem convidativos.  Esse modelo é bem prático e o preparo também é bem rápido e simples. 

Basta  colocar a quantidade recomendada de pó em um coador e, depois, inserir a água em um compartimento separado. Pronto, agora é só esperar poucos segundos, pois ela irá fazer tudo sozinha.

Como escolher o método de preparo ideal?

A primeira coisa para escolher o método ideal é entender as suas preferências e necessidades. Se você busca por praticidade, escolha modelos que ofereçam um preparo rápido e simples.

Mas se você é daqueles amantes de café que gostam de preparos mais elaborados, opte por versões sofisticadas e que oferecem um preparo mais elaborado. 

A verdade é que não tem segredo, já que a experiência que deseja ter na hora de consumir o café, é você quem escolhe. 

Conclusão

Hoje em dia, há os mais variados tipos de cafeteiras que atendam às mais diversas necessidades e preferências de amantes de cafés espalhados ao redor do mundo. 

Por isso, sempre que precisar comprar uma cafeteira, dê uma olhadinha neste artigo e escolha aquele modelo ideal para o seu perfil. 

Lembre-se que para encontrar os melhores modelos, seu lugar é na nossa loja virtual, Estrela10, que oferece um amplo portfólio com os mais variados modelos. Acesse o nosso site e encontre os preços de cafeteiras mais vantajosos do mercado. 

Equipe Redação Estrela10

https://www.estrela10.com.br/

Publicações relacionadas

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *