Watts: Potência em RMS ou PMPO?

banner-pmpo

Na hora de comprar um aparelho de som, alto-falante ou até mesmo caixas de som para seu computador, você sempre procura saber:

Qual potência desse som?

Algumas vezes, você deve ter até se deparado aparelhos de pequeno porte dotados com uma grande potência. Mas antes de sair comprando: Tenha cuidado!

Existem dois tipos de potência que geralmente são apresentados pelas empresas em seus produtos: RMS x PMPO.

Mas qual a diferença entre eles?

Potência RMS

Conhecida como potência real média se refere a força máxima que o alto-falante, ou amplificador, tem que gerar por tempo indeterminado. Também é mundialmente aceita como medida de potência padrão para equipamentos de som.

Potência PMPO

Peak Music Power Output ou potência de pico do aparelho, ou seja, aquela em que o volume máximo é gerado, mas consequentemente com altos níveis de distorção. No limite do desempenho e durabilidade do aparelho.

Aumenta o volume! Mas.. em RMS ou PMPO?

Antes que alguém pergunte, não existe uma fórmula para transformar RMS em PMPO. O fato é que cada empresa possui seus próprios métodos de medir o PMPO de seus produtos, por isso não é possível  qualquer criação de uma fórmula.

Desse modo, não há um padrão para as medidas do PMPO, trazendo valores de 1x até 10x maiores que o RMS. Dependendo do Fabricante.

Por causa dessas diferenças o Inmetro recomenda que você procure saber sempre os valores em RMS na hora das compras. E principalmente guiar-se por eles.

  • Para ter uma ideia: 50w RMS já são suficiente para uma sala de 12 metros quadrados
  • Quando se trata de alto falantes para automóveis, a potência que ele apresenta é basicamente a que ele irá suporta sem queimar.

Espero que esse post tenha esclarecido suas dúvidas.

Qualquer dúvida ou sugestão deixe um comentário!

Comments

comments