Decifrando o Montanhismo

Quando ouvimos falar sobre atividades de montanha, nos vêm à mente imagens de pessoas num esforço sobre-humano tentando atingir o topo de uma montanha gelada e, para isso, arriscando sua própria vida para obter sucesso nestas jornadas.

Todavia, dentro do montanhismo existem vários estilos e a maioria deles podem ser praticados por pessoas comuns, sem exigir esforços extremos. Normalmente o que aparece na mídia são os feitos de maior impacto, mas quando você faz uma caminhada em meio à natureza já está praticando uma das modalidades do montanhismo, denominada trekking.

Os estilos variam de alguns mais técnicos para outros bem mais acessíveis. Veja abaixo alguns exemplos:

Trekking

Trekking

Caminhadas em meio à natureza, que tanto podem ser trilhas fáceis – como as trilhas que podemos fazer quando vamos passar o final de semana em uma pousada; como também trilhas mais exigentes – como subir o Pico do Paraná, que é montanha mais alta do sul do Brasil, esta já demandando uma certa experiência e preparo para caminhar por mais de 6 horas para atingir o seu topo.

De qualquer maneira, o bom é iniciar por trilhas de baixa dificuldade depois ir buscando novos desafios. Existem várias empresas que oferecem roteiros de caminhada em qualquer lugar do Brasil para qualquer nível de caminhante.

Escalada Técnica

Escalada de Alta Montanha

São escaladas em que se necessita o uso de equipamentos, como cordas, cadeirinhas (cinto de segurança), mosquetões, sapatilhas de escalada, capacetes, etc. A escalada técnica exige um preparo físico diferenciado, bem como instrução especializada. Normalmente as pessoas buscam uma academia de escalada para aprenderem algumas técnicas e se prepararem fisicamente antes de irem para a pedra.

Nestes muros de escalada é mais fácil de iniciar, por ser um ambiente mais controlado, sempre com instrutores para atender aos iniciantes. Outro caminho é entrar para algum clube de montanha ou contratar um guia para realizar uma escalada. Existem pessoas que só escalam em muros, então ao invés de fazerem musculação para se manterem em forma, fazem exercícios penduradas a mais de 10 metros de altura, o que é muito mais divertido.

Já a escalada em rocha é diferente, pois se pratica em montanha, com visuais incríveis, sendo bom tanto para a saúde física quanto para a mental.

Escalada de Alta Montanha

Montanha Gelada

Neste estilo estão as escaladas de montanhas de grande altitude. Não existe exatamente uma altitude exata para uma escalada ser considerada de alta montanha, mas podemos dizer que acima de 4000 metros já seria mais que suficiente! O Everest é maior montanha do mundo, tem 8848 metros acima do nível do mar, e é uma das (apenas) 14 montanhas que possuem mais de 8000 metros de altitude.

Esta modalidade de montanhismo é muito complexa, devido aos efeitos que o frio, vento e a falta de oxigênio que as grandes altitudes podem causar no ser humano. O desgaste do corpo é extremo e o atleta deve estar em condições perfeitas para poder enfrentar tais desafios. Mas, obviamente que nem todas as montanhas altas são tão difíceis.

Na Cordilheira dos Andes existem montanhas de mais de 5000 metros de altura que podem ser subidas por montanhistas sem muita experiência, desde que estejam preparados e sejam acompanhados por um bom guia.

Existem muitos mais estilos, mas o importante é que o montanhismo faz bem para pessoas de qualquer idade. Crianças, adultos e idosos podem encontrar muita satisfação praticando este esporte maravilhoso! É só começar! Boas aventuras!

Texto: Edemilson Padilha, escalador profissional desde 1990, fundador da empresa Conquista Montanhismo que fabrica equipamentos para esportes de aventura.

Fotos: Arquivo Conquista Montanhismo

 

Comments

comments